segunda-feira, 19 de março de 2012

Home Sweet Home

Já faz alguns dias que eu cheguei nos Estados Unidos e quando eu cheguei o Luiz já tinha alugado um apartamento pra gente morar. Ele teve um pouco de dificuldade para achar um lugar. O mercado imobiliário de Ann Arbor é bem aquecido por causa da Universidade de Michigan e os melhores locais são ocupados com meses de antecedência. Por isso foi difícil achar coisas com os preços que a gente queria e as opções disponíveis eram bem poucas. Depois de muito pesquisar ele conseguiu refinar a busca para umas três opções. Uma casa espaçosa e com preço razoável, porém mais afastada do centro e da minha escola de inglês; um apartamento um pouco mais próximo do centro, mas com burocracias pra alugar e outro bem mais próximo do centro, a uma distância andável da minha escola, sem burocracias e ainda semi-mobiliado. O preço dos três estava na mesma faixa, mas o fato do último ser mais bem localizado e com alguma mobília fez com a que a gente resolvesse ficar com ele. O Luiz me mandou algumas fotos do apartamento e eu aprovei. O bom é que o imóvel é sublocado, e por isso nós não precisamos lidar com imobiliárias, que iriam pedir um monte de documentos e comprovantes que nós não temos. A única desvantagem dele em relação aos outros é o fato de que ele é um pouco mais velho. O Luiz me mostrou fotos dos outros e eles pareciam bem mais novinhos e bonitos. Mas até que eu gostei bastante da minha casinha nova. :D

sexta-feira, 9 de março de 2012

Entrevista de Emprego

Ontem eu e os outros brasileiros da Kettering tivemos uma reunião com um chairman de uma empresa multinacional chamada Magna para conversarmos sobre a possibilidade de trabalharmos na empresa no segundo semestre. Como eu havia mencionado antes, a Kettering utiliza um sistema chamado co-op no qual o aluno tem que estudar e trabalhar alternadamente. Várias empresas aqui de Michigan e de outros estados abrem vagas específicas para funcionários/estudantes de co-op. Eles se adequam às necessidades diferenciadas que estes funcionários demandam por já conhecerem o sistema de co-op há vários anos.